Autor(a): John Flanagan
Editora: Fundamentos
Páginas: 224
Gênero: infantojuvenil; literatura juvenil
Ano: 2009
ISBN: 9788576762829

Esta resenha contém spoilers do livro anterior!

Quase um ano se passou do treinamento de Will com Halt. Apesar de Will estar um pouco inseguro de suas habilidades, é notável sua melhora como arqueiro. Sua amizade com Horace nunca esteve tão firme e forte, entretanto, ainda estavam sobe ameaças do terrível Morgarath.

Sendo assim, Will e Horace, sobe os comandos de Gilan (antigo aprendiz de Halt), partem de Araluen para o reino de Céltica, a fim de criar uma aliança de defesa mútua entre os dois reinos. Porém, ao chegarem à primeira cidade da divisa entre os reinos notam que tudo está “quieto demais”, abandonado por assim dizendo. E tudo se confirma ao encontrarem Evanlyn, uma suposta criada sobrevivente de um atentado, ela explica que a cidade fora atacada por Wargals amando de Morgarath e que sequestraram mineiros, mas não compreende os motivos daquilo.

Gilan então parte na frente para avisar ao Rei Duncan sobre os ocorridos e os preparar para uma defesa de guerra, enquanto que o grupo – agora sendo Will o líder – deveria vir logo atrás. Eu digo “deveria” devido ao fato de eles supostamente mudarem suas rotas para investigar mais sobre o caso e poderem salvar seu reino de uma vez por todas, com muitos mistérios ainda a se resolver!

"Um homem pode ser enganado. Dois, pode ser conspirado. Três é o numero em que confio”.

Eu sinceramente achei esse livro ainda melhor que o anterior, repleto de ações e mistérios, deixando nós, leitores, suando frio a cada situação de perigo que nossos heróis enfrentam! Apesar de previsível, a história é encantadoramente genial, você não vai se arrepender, garanto!

Deixe um comentário